Vinhos Brancos Aromáticos

São vinhos intensamente perfumados com aromas de frutas doces, sabor vibrante, fresco e muito suculento. Os vinhos brancos aromáticos podem ter aromas muito doces se as uvas utilizadas estão bem maduras mas não tem altos níveis de açúcar. São vinhos secos, de caráter frutado e que podem se apresentar mais encorpados dependendo da variedade de uva, do clima e do processo de vinificação. Para saborear o aroma frutado cuidadosamente preservado durante sua produção os vinhos brancos aromáticos devem ser servidos muito frios. São o acompanhamento perfeito para frutos do mar. Os mais secos ficam melhores com peixes e saladas e os mais encorpados harmonizam muito bem com os sabores agridoces e as especiarias das cozinhas asiáticas e indianas.

Seleção de Uvas

As características do vinho podem variar muito de acordo com a região produtora da uva e processo de vinificação mas as clássicas Sauvignon Blanc e Riesling são as duas grandes estrelas dessa categoria. As uvas produzidas em climas frios com longo período de amadurecimento produzem os vinhos mais suculentos e aromáticos.

  • Sauvignon Blanc
  • Riesling
  • Pinot Gris
  • Alvarinho
  • Moscatel
  • Chenin Blanc
  • Verdejo
  • Viognier
  • Silvaner

Sugestões

Harmonização com Ingredientes

Uma das "regras de ouro" da harmonização de vinhos diz que devemos combinar o vinho como o molho e não com o que está acompanhado por ele. Essa afirmação é baseada no fato de que o molho, embora destinado a acompanhar o ingrediente principal, tempera, suaviza ou ressalta o mesmo, e algumas vezes toma seu lugar de destaque.
Pensando nisso na hora da harmonização devemos levar em consideração todos os sabores que fazem parte da composição do prato, dando especial atenção aos sabores mais predominantes.

Arraste a imagem e veja mais